O preconceito em ter uma mulher como presidente

Nessas últimas semanas de campanha eleitoral, nós, os eleitores, estamos sofrendo uma overdose de denúncias de várias fontes - muitas, propositais é verdade. É no horário eleitoral gratuito, na imprensa tradicional, nos portais, blogs, televisão, em telefonemas para nossas casas, nos panfletos que são distribuidos nas portas de igrejas com a ajuda dos pastores de Deus, etc. Quando a gente pensa que esgotaram-se toda a sorte de acusações e calúnias, nos enganamos. Os preconceitos da elite brasileira tem a insuperável capacidade de se superar.

Dilma-mulher-preconceito

Ontem, assisti ao debate na TV Record entre os presidenciáveis e observei um fato. Nunca, num processo eleitoral, se usou tanta difamação contra a candidata Dilma Rousseff como está sendo usado no atual. Quem faz isso, aproveita-se de preconceitos primitivos e arraigados no ser humano, como aqueles pelo fato de ela ser mulher, petista, ex-militante da luta armada, ex-doente de câncer, divorciada, etc, para desqualificá-la.

Lembro que Lula, nas campanhas de 1989, 1994, 1998 e 2002 tambem sofreu na pele com ataques desse tipo. Ele era continuamente chamado de "pobre", "operário", "sem curso universitário", "de origem nordestina" e etc. Triste ver que esse tipo de "coisa" ainda não se encerrou na cabeça de muita gente em pleno século XXI.

Os excessos de quem agride, no entanto, tem limites. Há uma linha muito tênue entre o medo que causa a difamação e a repulsa ao difamador. A artilharia usada contra Dilma pode ter um efeito contrário ao que pretende seus algozes. Da pecha de "má administradora" e "terrorista" ela tende a tornar-se uma vítima. E, caso seus opositores, ao invés de pensar o Brasil, queiram continuar a arranhar sua imagem, ela pode sair com uma larga vitória no dia 31, por conta disso.

4 Comentários:

Alec disse...

Não é por nada não, mais sem noção o que você escreveu. Difamação? Nada a ver, posso fazer nada se você é do PT e não aceita a verdade...
Só mais uma coisa, não tem nada a haver ter ou não ter uma presidente mulher, o certo é que esta mais preparado, e não só porque é mulher e porque nunca uma mulher foi presidente do Brasil, burrice demais pensar assim, sinto muito.

Jurema Cappelletti disse...

Oi, Anderson

Ao falar sobre os preconceitos da ‘’elite’’ brasileira, você faz o que se tornou um hábito. Classificar alguns como elite , sem, entretanto, dizer a quem se refere.

Anderson, quando se pensa no que seria a verdadeira elite brasileira, a primeira coisa que nos vem à cabeça é o falecido Irineu Marinho, que sempre foi execrado pelos que se dizem de esquerda, e sua atual viúva. Qualquer vínculo com o finado seria totalmente inaceitável por pessoas de bem, dentro dos padrões ... de esquerda.

No entanto, vemos a candidata do PT aos beijos e abraços com a viúva de Irineu Marinho! Vemos PTistas aos amores com milionários como Sarney, por exemplo (rico e vergonhoso).

Afinal, a que elite se referem? Elite seriam apenas os de direita, ou que tivessem idéias diferentes? Afinal, qual é a elite que tanto menosprezaria LI e Dilma ?

É bom lembrar que, ainda sindicalista, LI morou durante muitos anos, de graça, num apartamento luxuoso de Roberto Teixeira, um amigo riquíssimo.

Você se refere também a boatos e agressões. Até agora todos falam de boatos de forma aleatória sem que um único seja mostrado como exemplo. "Ó, isso aqui é boato."

Aí está um dos grandes problemas que envolvem a candidata. As acusações feitas a ela têm nome e sobrenome, porém os boatos são todos anônimos.

Um abração, Ju

(tomara que acabe logo essa eleição)

J. Neto disse...

@Alec
É isso mesmo cara! Eu sou burro e polêmico.

Só não sou assim como você que, por não ter o que fazer, prefere abrir um blog só para esculhambar um partido (PT Não) e falar mau do Brasil, ao invés de dar sua contribuição quando se vê assim tão patriota.

Podia ser qualquer um partido cara, mas... atitude bem "inteligente" essa aí de tua parte né não?

@Ju
Meu nome não é Anderson.
Acho que você está me confundindo com algum conhecido seu.

Anônimo disse...

Olha cara só olhar seu site e ver que você é PETISTA. Só não tenha vergonha de assumir, não sou de lado nenhum votei em marina silva, e nem por isso acho que Dilma seja competente tanto quanto serra, quando eu vi sobre a telebras artigo que vc colocou... olha só eu trabalho em corretora e fiquei sabendo de muita gente ligada ao Sr presidente Lula com informação privilegiada colocando ordens bem acima de 1 milhão de reais comprando um papel de uma empresa falida? quem colocaria dinheiro nisso sem ter um bom "INSIDER" isso é crime, e tem gente da grana que ganhou dinheiro para financiar essa campanha, e isso laranja sempre tem, independente de ser PSDB ou PT, agora sua critica é infundada, é a mesma coisa que o LULA falar que o Brasil não melhorou nos 8 anos de FHC, isso se chama cuspir no prato que come e não ser patriota, porque quem estabilizou o pais foi ele, quem preparou a janta foi FHC e quem comeu foi o LULA, agora méritos ao LULA? e Pau no FHC, dois tiveram suas virtudes e seus erros.... AGORA você sitou lula das campanhas que ele fez, se você pegar o Lula até 1998 quando disputou com FHC era um Lula o Lula se transformou com um belo Marketing, porque tudo que ele falava sobre a política monetária de FHC ele não mudou em nada e só manteve a mesma... agora compara bem o que o Lula fala desde da primeira eleição até em 2002.... Não é o mesmo Lula....E Dilma quem era Dilma antes do segundo governo do Lula, nunca ouvi falar...mas o plano de marketing do PT nisso é excelente........seja sem partido análise de fora a política e dai você vai ver quantas merdas quantas bobagens cara um desses falaram e por isso meu VOTO FOI MARINA.


Abraços

Postar um comentário

- Comente, é sempre bom saber sua opinião.
- Comentários ofensivos ou mal educados não serão publicados.
- Comentários anônimos serão publicados se relevantes.
- Para criticar, sugerir ou elogiar, vá aqui.