Como criar facilmente um pendrive de boot para o computador

Tem certas coisas que só acontecem quando não esperamos. Uma pane em nosso computador, por exemplo, é uma delas. Pior ainda é quando o PC não quer mais iniciar o sistema e a gente não fez nenhum backup. Torna-se um caos. Felizmente, este é um problema que já tem solução. Existem, na internet, ferramentas como o Rufus que resolvem estes pequenos aborrecimentos. Por meio desse prático software, podemos criar um drive de inicialização de nosso sistema utilizando apenas um pendrive. Muito útil, por exemplo, naquelas horas em que achamos que tudo foi pro brejo.

rufus-pendrive-boot-windows

Antes de iniciar o Rufus, porém, gostaria de dizer uma coisa: o Rufus é um programa que transforma arquivos no formato ISO (arquivos de imagens de sistemas operacionais) em um drive de inicialização para o computador, mas antes é preciso que você já tenha esse arquivo guardado no seu PC. Para conhecer mais sobre este tipo de arquivo ou saber como criá-lo, vá aqui.

Agora, vá ao site oficial do Rufus e baixe o programa. Não é preciso instalar, basta executar. Certifique-se, no entanto, que há um pendrive inserido no computador (ele deve ter no mínimo 1 GB de espaço disponível) e abra o software.

rufus-pendrive-boot-windows

Na guia de nome dispositivo (imagem acima), selecione o seu pendrive e observe em Tipo da partição do sistema de destino se Partição MBR para BIOS ou Computador UEFI está selecionado. Se sim, prossiga. Na guia Sistema de arquivos coloque FAT32 (Default). Em Opções de formatação/Criar disco bootável com escolha o formato ISO Imagem. Feito isso, clique na pequena imagem que representa um disco e na tela que abre encontre no seu PC o arquivo ISO de seu sistema operacional. Em seguida, clique em Abrir. Agora é só clicar novamente em Iniciar para que o Rufus transforme o pendrive em um dispositivo inicializável (de boot). Terminada a gravação, clique em Fechar para concluir.

E é somente isto. Sempre que houver problemas no seu computador em sua inicialização normal insira este pendrive de boot criado pelo Rufus e tente iniciar por ele. Você verá que todos os arquivos e programas estarão sempre ali. Recomendamos também fazer uma faxina no PC com um antivírus e um antispyware e atentar para o fato de que, para inicializar um computador pelo pendrive é preciso, antes, que você altere as configurações dele na BIOS de seu sistema.

Para saber como fazer isso, pesquise no Google sobre "Como configurar o Windows para dar boot pela USB" e siga os resultados. Abraço e até mais.

Como pedir ao Google para retirar seus dados da Web

Se você é uma pessoa muito conhecida na internet provavelmente já deve ter se deparado com alguma página na web em que foi citada(o) ou que viu seu nome associado a alguma coisa que não gosta ou alguma causa que não achou apropriada. Pois então saiba que sim, é possível pedir ao Google para que o conteúdo seja removido da internet - antes mesmo de reclamar ou ir à justiça. Ao fazer isso, o Google irá analisar seu caso e poderá apagar o conteúdo. Vamos ver como isto funciona na prática.

remover-conteudo-google

Atualmente, o Google mantém uma página com um formulário onde você pode preencher e fazer a denúncia. E uma das formas mais práticas de saber se alguém o associou, na web, a alguma coisa ou causa sem o seu consentimento é fazer uma busca por seu nome.

Primeiro, digite na busca do Google seu nome completo e veja o resultado. Se surgirem resultados desagradáveis, algo de que você não gostaria ou que não condiz com a verdade, então acione o formulário do Google e faça uma ocorrência para que a página em questão seja removida.

No formulário, primeiro insira seu país, em seguida seu nome e e-mail. Agora, na segunda linha, cole a URL - ou as URLs - do site em que você foi citada(o) e ao qual deseja que seja removida. No último parágrafo, descreva as razões porque quer que esta página seja removida. Por exemplo, diga se é uma blasfêmia, se está sendo insultada, se não autorizou, etc. Clique em enviar e pronto. O Google vai analisar e, aceitando seu pedido, removerá o conteúdo do buscador.

Lembrando que este método não significa necessariamente que tudo esteja sanado  ou que você não precise entrar com uma ação judicial se sentir lesado por alguém - as pessoas podem voltar a publicar coisas sobre você novamente. O Google retira das buscas o que estiver ligado a seu nome, a seu pedido, mas o critério final para esta decisão é sempre da empresa ok. Até mais.