Como se dar bem trabalhando em casa com Internet - Home Office

O conceito de home-office é um conceito novo e refere-se ao profissional que trabalha em casa com Internet. Trabalhar em casa pode realmente ser tão bom como parece. Por ex: você pode fazer reuniões com clientes por videoconferências, fechar negócios por programas de mensagens como Hangouts, Skype e até WhatsApp e, o melhor de tudo, ser seu próprio chefe.

Você não sabe mas, boa parte dos sites pelos quais você navega, podem mesmo ter sido criados por alguém trabalhando em casa, de bermuda, pijama, camiseta e chinelo. E ainda, em seu próprio quarto. Esta é a realidade do trabalho de Home Office. E, apesar de ter algumas regras a seguir, a ideia é poderosa para quem curte tempo e liberdade. Veja abaixo algumas pequenas dicas pra quem deseja (e até sonha) trabalhar com seu próprio negócio de dentro de sua casa e ao lado da família.

trabalho-casa-internet-home-officer

1 - Antes de mais nada, o profissional que deseja trabalhar em casa deve saber que precisa ser responsável para cumprir seus compromissos. Deve ser pontual e ter jogo de cintura para atender clientes a qualquer hora do dia, além de manter-se atualizado em sua própria área de atuação.

2 - Trabalhando em casa é essencial, também, criar uma rotina para se dar bem como, por exemplo, de manhã resolver pendências com e-mails, notícias e redes sociais. À tarde, ficar para a produção e a noite, ou madrugada, realizar trabalhos somente se houver necessidade e urgência. O critério é de cada um. Esta rotina evitaria, por exemplo, que o profissional se perdesse entre a vida pessoal e a profissional, já que a maior dificuldade de quem trabalha home-office é apertar o botão de desligar.

3 - Mesmo estando em casa é fundamental ser um apaixonado pelo trabalho. Gostar do que faz é condição sine qua non para ter sucesso. A atividade em seu próprio lar com internet pode fazê-lo ganhar o dobro do que ganharia se trabalhasse em uma empresa física, porém, você deve entender que, neste ambiente, você é seu próprio chefe e seu funcionário, e é o empreendedor de seu negócio. Tenha certeza que pode ficar em sua casa concentrado, sem a interferências de parentes, crianças, amigos, esposa, etc.

4 - Caso precise contatar clientes em outro estado ou pais é padrão usar os programas de mensagens como Skype, Hangouts, etc. As videoconferências são importantíssimas para quem trabalha como home-officer. É o momento em que, remotamente, você estaria tirando dúvidas e auxiliando o seu cliente. Trabalhando em casa, seus gastos também seriam mínimos (um exemplo é a alimentação) e a tendência é a de ter uma melhor qualidade de vida. Crie uma rotina com horários e dê pausa para o almoço. Deixe claro aos seus clientes e amigos o horário em que eles podem entrar em contato com você.

Para quem é home officer, o importante é deixar claro à sua família que, apesar de você estar em casa, não está disponível para certas situações dentro daquele horário que você estabeleceu. As vantagens de trabalhar com internet em casa são enormes e, além dos gastos serem mínimos, o lucro para quem faz (fez) essa opção é altamente recompensador. Boa sorte!

Como criar facilmente um pendrive de boot para o computador

Tem certas coisas que só acontecem quando não esperamos. Uma pane em nosso computador, por exemplo, é uma delas. Pior ainda é quando o PC não quer mais iniciar o sistema e a gente não fez nenhum backup. Torna-se um caos. Felizmente, este é um problema que já tem solução. Existem, na internet, ferramentas como o Rufus que resolvem estes pequenos aborrecimentos. Por meio desse prático software, podemos criar um drive de inicialização de nosso sistema utilizando apenas um pendrive. Muito útil, por exemplo, naquelas horas em que achamos que tudo foi pro brejo.

rufus-pendrive-boot-windows

Antes de iniciar o Rufus, porém, gostaria de dizer uma coisa: o Rufus é um programa que transforma arquivos no formato ISO (arquivos de imagens de sistemas operacionais) em um drive de inicialização para o computador, mas antes é preciso que você já tenha esse arquivo guardado no seu PC. Para conhecer mais sobre este tipo de arquivo ou saber como criá-lo, vá aqui.

Agora, vá ao site oficial do Rufus e baixe o programa. Não é preciso instalar, basta executar. Certifique-se, no entanto, que há um pendrive inserido no computador (ele deve ter no mínimo 1 GB de espaço disponível) e abra o software.

rufus-pendrive-boot-windows

Na guia de nome dispositivo (imagem acima), selecione o seu pendrive e observe em Tipo da partição do sistema de destino se Partição MBR para BIOS ou Computador UEFI está selecionado. Se sim, prossiga. Na guia Sistema de arquivos coloque FAT32 (Default). Em Opções de formatação/Criar disco bootável com escolha o formato ISO Imagem. Feito isso, clique na pequena imagem que representa um disco e na tela que abre encontre no seu PC o arquivo ISO de seu sistema operacional. Em seguida, clique em Abrir. Agora é só clicar novamente em Iniciar para que o Rufus transforme o pendrive em um dispositivo inicializável (de boot). Terminada a gravação, clique em Fechar para concluir.

E é somente isto. Sempre que houver problemas no seu computador em sua inicialização normal insira este pendrive de boot criado pelo Rufus e tente iniciar por ele. Você verá que todos os arquivos e programas estarão sempre ali. Recomendamos também fazer uma faxina no PC com um antivírus e um antispyware e atentar para o fato de que, para inicializar um computador pelo pendrive é preciso, antes, que você altere as configurações dele na BIOS de seu sistema.

Para saber como fazer isso, pesquise no Google sobre "Como configurar o Windows para dar boot pela USB" e siga os resultados. Abraço e até mais.