Hasta la vista River Plate!

De vez em quando vem um argentino aqui pra copiar meus posts, traduzí-los para seu idioma e publicar em seu site sem citar a fonte. Este post de hoje é pra ver se ele vai copiar também.

adeus-river-rebaixado

Só mesmo o cantor Carlos Gardel conseguiria traduzir tanto drama em uma história quanto o inédito rebaixamento do gigante time de futebol River Plate da Argentina. O arquirival do Boca Juniors e dono do maior estádio do país, que será palco da final dessa Copa América, foi rebaixado em casa, no domingo, após empatar com o modesto time do Belgrano em 1 a 1 - precisava vencer por dois gols.

Em mais um daqueles dias frio na Argentina, e com quase 50 mil torcedores presentes no estádio, aquele domingo nunca mais será esquecido. Não só pelo rebaixamento do time, mas por que marcava, ainda, o aniversário de 15 anos da última taça libertadores conquistada pelo grande River. O episódio dramático foi mesmo digno de um verso do famoso tango de Carlos Gardel: "Hasta la vista River!" :-) - Fonte: DP

PS: Como os hermanos sempre gozam da gente no futebol, esta foi a minha vez. Copia aí meu filho!

4 Comentários:

Marcelo lomba disse...

Achei incrível a queda de um gigante como o River Plate. Isso dá entender que o esporte lá parece ser mais sério que aqui. Se fosse com o Flamengo ou o Corinthians a federação e a juizada não deixava isso acontecer não. Aqui é tudo comprado.

Quanto aos hermanos... merecem! São fd mesmo! hehe

Roberto Hyra disse...

O que é futebol?

Futebol é um esporte para se divertir, é um lugar onde os gênios da bola se encontram, é paixão que transcende o gramado e atinge cada torcedor em seu coração. Futebol é jogar bola no sentido mais cru da coisa.

Por isso e para isso que, acredito, deve ser administrado por quem é apaixonado e por quem entende de futebol.

Não veríamos coisas como essa.

Fábio Mayer disse...

O futebol argentino tá em crise. As verbas de TV minguaram, decorrência da estatização das transmissões, patrocinada pela Sra. Cristina Kirchner.

Fora isso, o público está em queda, em razão da crise econômica do país, cuja inflação real gira em torno de 30% ao ano, contra os 10% informados pelo governo.

Daí a debandada de craques e a crise em praticamente todos os clubes, porque o Boca, também não anda bem das pernas, tal qual Independiente e Racing...

...é bom para o futebol brasileiro acumular LIbertadores e Sulamericanas, mas ao mesmo tempo, ruim para o futebol, que anda modorrento e sem ops argentinos, fica bem mais pobre.

Cris - CaFoFo online@ disse...

Assinei teu feed hoje, ainn que chique. Pra mim tá sendo uma "mao na roda", já que nao encontrei ainda um plugin para o blogroll.

Beijos man, boa semana pra tu!

Postar um comentário

- Comente, é sempre bom saber sua opinião.
- Comentários ofensivos ou mal educados não serão publicados.
- Comentários anônimos serão publicados se relevantes.
- Para criticar, sugerir ou elogiar, vá aqui.