Porque precisamos de uma reforma política

Uma pesquisa recente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) sobre o congresso nacional brasileiro e o pós-eleição apresenta dados, no mínimo, preocupantes. A pesquisa alerta sobre o fato de como será a composição da nova casa com os próximos deputados e senadores a vencer no pleito.

congresso-circo-nacional

À se confirmar essa pesquisa, o congresso brasileiro passaria a ter 35% de semianalfabetos e 40% de parlamentares sem ensino superior. Isto significa, 75% dos congressistas sem a menor condição de fazer leis, e com toda certeza sujeitos à pressão do poder financeiro.

Chegamos a um ponto tão insustentável no país que a desmoralização do saber se deve realmente à falta de um sistema educacional aprimorado. Espero que, para os próximos anos, o povo e a sociedade sejam incentivados a se mobilizarem para impor uma reforma política de fato.

Uma reforma em que, ao menos, todos os partidos, fossem obrigados a exigir o mínimo de instrução e o máximo de "ficha limpa" de seus filiados com pretensões de exercer cargo público.

Nada tenho contra os tiriricas da vida, mas já estou cansado de ver mensaleiros, camaleões, sanguessugas e mentirosos da vida pública.

8 Comentários:

Daniel disse...

O problea da politica nacional e o sistema, que já é viciado e corrupto por essência. É necessário uma reforma ampla e total. Olha, pra conseguir emprego é preciso no mínimo segundo grau completo, então, por que podesse eleger alguém que é analfabeto funcional? Mas esse é o "menor" dos problemas! Acredito que se deveria adotar a forma norte-americana de eleição, onde, são quase um ano, onde primeiro os candidatos a candidatos monstram aos corregilionários suas proposta, e se vencerem as prévias, se colocam como candidatos. Tem que acabar om essa fara de pertidos. Entendo que seis partidos seria o ideal para o Brasil. Além do sistema de voto (o que mais me agrada) melhor é o distrital. Além de endurecer mais as penalidades para quem é pego roubando, como por exemplo, corrupção ser crime endiondo, e para isso, acabar com a imunidade parlamentar que só serve realmente em regimes de excessão e para não fazer os fichas sujas irem para cadeia. Enfim, é um tema que renderia várias coisas "a fazer", mas, de fato, necessitamos de uma reforma politica urgente! O povo deve se fazer cidadão e ir as ruas reinvidicar seus direitos. Um abraço.

http://submundosemmim.blogspot.com

C. disse...

Eu também!

Daniel Savio disse...

Não só a reforma em quem concorrer para um cargo na politica, mas também uma melhoria nos eleitores procurando se ifnroma nos candidatos que forem fotados...

Fique com Deus, menino Neto.
Um abraço.

Fábio Mayer disse...

O Congresso Nacional já está nessa linha há bastante tempo. É uma casa onde boas leis são tão mau-redigidas que acabam inaplicáveis. Em que leis estúpidas são a regra e em que leis ruins grassam na esteira dos interesses mesquinhos de parlamentares de baixo clero.

Uma reforma política no Brasil passa por voto distrital misto. Onde metade dos deputados seria eleito em sua região eleitoral e a outra metade, eleita por listas de preferência administradas pelos partidos, mantendo-se o Senaddo do jeito que está, mas limitando reeleições.

Fora isso, enquanto o brasileiro continuar votando em curiosidades como o Tiririca, a situação não tende a mais que piorar...

C. disse...

Oi amore,

tb tava com saudade viu! Nao aconteceu nada de mais, tá tudo normal, apenas nao tava vencendo responder os comentários, ler tto blog, agora melhorou o ´transito`. Sem contar tava sem ideias.

Espero vc esteja bem, e hora dessas me conte se tem novidadessss.

bom findi!

C. disse...

Ah, dia desses recebi um e-mail com perguntas e respostas do Tiririca. Nossa, fiquei de cara com tanta gonorância, ele nao sabe nem pra quê tá se candidatando, quais as obrigacoes dele se ganhar... uma vergonha!

Valdeir Almeida disse...

Neto,

E o agravante é que no eleitorado brasileiro há um grande número de analfabetos funcionais. Ou seja, culpa também do eleitor, que anula seu voto votando nos tiricas da vida.

De fato, isso é preocupante. O que será das casas legislativas daqui a 20 anos? Melhor nem pensar, né?

Abração, Neto.

Anônimo disse...

nós como brasileiros precisamos muito aprender sobre politica
principalmente a luz da palavra de Deus,precisamos
saber o que o Senhor fala sobre o caso.para não quebramos
tanto a cara sem termos conhecimento de fato sobre ela.

Postar um comentário

- Comente, é sempre bom saber sua opinião.
- Comentários ofensivos ou mal educados não serão publicados.
- Comentários anônimos serão publicados se relevantes.
- Para criticar, sugerir ou elogiar, vá aqui.