E se Odete Roitman fosse política?

O post de hoje é de autoria do professor e amigo Valdeir Almeida do blog Ponderantes. Visitem o ótimo blog dele e assinem. Eu recomendo.

A novela "Vale Tudo" (Globo, 1988) produziu a vilã mais consagrada da teledramaturgia brasileira. Interpretada por Beatriz Segall, o antagonismo da personagem se manifestava através de suas maldades contra quem cruzava o seu caminho. E também mediante seus diálogos pontilhados de repugnância aos pobres e à política brasileira.

Odete Roitman: lingua ferina mas verdadeira sobre os políticos

Na época, o autor da novela – Gilberto Braga – foi acusado de criar uma personagem antipatriótica justamente quando o país se redemocratizava. Apesar de ser achincalhado pela vilã, o povo não dava importância a tal acusação. Para os telespectadores, Odete Roitman era uma lavadeira da alma popular, ao ser tão explícita a respeito dos políticos corruptos (embora ela fosse uma empresária contraventora).

21 anos depois, a classe política, que já dormia esplendidamente em pau de galinheiro, retrocedeu, transformando o Congresso brasileiro numa reedição da ditadura militar: as decisões são tomadas entre as quatro paredes do parlamento, desconsiderando as leis, desrespeitando a ética e fazendo o eleitor de palhaço. Isso comprova que Odete Roitman tinha razão, quando usava sua língua afiada contra os maus políticos. É por esse motivo que, caso ela fosse candidata a uma vaga no Congresso, certamente seria eleita. Afinal, maldade por maldade, antes as de Odete que não fazia cerimônia e era vilã assumida.

Na Câmara ou no Senado, Odete seria dona dos mais belos e memoráveis discursos. Além disso, nenhum colega teria coragem de mandá-la engolir palavras que ela proferiu. Ninguém se arriscaria a chamá-la de “coronel” nem de interpelá-la por falta de decoro parlamentar. Ela colocaria qualquer congressista – bigodudo ou collorido – debaixo do chinelo.

Gilberto Braga, ressuscite Odete Roitman.

18 Comentários:

Éverton Vidal Azevedo disse...

Ótimo texto do amigo Valdeir. Ótimo texto mesmo!

Roberto Hyra disse...

Excelente o texto do Prof. Valdeir. Estou acompanhando o blog dele desde a blogagem coletiva - pena que ele nao tem atualizado frequentemente - mas foi interessante o artigo envolvendo a politica com a personagem de Gilberto Braga.

De fato, se fosse nos dias atuais, a "Odete Roitman" seria uma parlamentar de destaque naquele Congresso.

Abraços e bom final de semana para ambos.

Valdeir Almeida disse...

Neto,

Como você sabe, produzi esse texto exclusivamente para seu blog. Você fez o convite, mas me deu total liberdade para escrever.

Redigi um texto que tem a ver com o conteúdo crítico do Sakuxeio.

Obrigado amigo. Obrigado também a todos que estão comentando.

Abraços.

Adalberto Felix disse...

Não creio que ela seria uma boa parlamentar.

Apesar do texto do autor ser interessante, a nossa nova ou velha política é sempre a mesma. Quem entra lá segue os caminhos da corrupção e se já tiver tendência para tal, aí piorou!

Abraços Neto!

E o nosso Sport hein rapaz! Não sai da Zona do Rebaixamento não é? rs

Emanuelle Pinheiro disse...

Com todo respeito, Neto. Acho uma indecência alguem se pronunciar aqui como fez este Sr. Vincius.

E principalmente por ser este um texto tão interessante, que versa sobre política. O prof. Valdeir é uma excelente pessoa e que tão maravilhosamente, nos incentivou e presenteou com aquela coletiva.

Abraços

Vinicius Colares disse...

Se ela fosse política em fim teriamos um p* no governo, ao invés de apenas os filhos dela!!! rsrsrsrs!


Sr. Vinicius, seu link permanecerá mas saiba que tomei a liberdade de editar seu comentário aqui pois não aceitamos palavras de baixo calão. Espero que compreenda os direitos de todos. Obrigado e abraços.
J. Neto.

Vinicius Colares disse...

certo, sem problema, eu ainda pensei em colocar um P..., mas para mim essa é uma palavra tão comum de falar, uso com muita naturalidade, contanto que não seja ofendendo diretamente uma pessoa, como um outro leitor por exemplo (comentarios assim, eu concerteza excluiria sem o menor ressentimento no meu blog)!

Junior Daivson disse...

Eu gostei desse post. Assisti essa novela e até hoje me recordo do final. Lembro que o suspense dela era tão grande que eu ficava ansioso para largar do trabalho e ir pra casa ver os novos capítulos rs rs

Valeu a indicação Neto! Vou seguir o blog do professor!

Valdeir Almeida disse...

Agradeço novamente às pessoas que estão lendo este texto.

Interessante perceber que os leitores que não concordam, utilizam palavras coerentes e não-ofensivas, porque sabem que não concordar com a opinião de outrem não significa ofender.

Mas não posso dizer o mesmo do Senhor Vinícius Colares que, por não ter argumentos sólidos para apresentar sua divergência sobre o texto, utiliza-se de palavrões que se prestam como instrumento de ofensa ao autor e não como base de antítese.

Andreia disse...

Olá Neto!
Vim retribuir e agradecer tua visita e tuas palavras em meu humilde cantinho.
Adorei o post do amigo Valdeir, o conheci na coletiva e apreciei tanto sua pessoa, como seu blog.
Achei muita falta de educação os comentários deste tal de Vinícius.
Todos tem o direito de discordar da opinião alheia e até de criticar, porém com respeito e boas maneiras.
Acho que lhe faltou os dois.
Beijos ternos querido e tenha um ótimo fim de semana...

Blog do Chris disse...

Particularmente, eu não vejo novelas mas não pude deixar de saber da repercussão causada por esta Sra. no elenco.

"Vale Tudo" foi um grande sucesso do Gilberto Braga. Agora vivemos a novela da vida real no Congresso.

Parabéns ao autor pelo post.

blogdocatarino.com disse...

Os personagens são necessários para mostrar que entre nós vivem essas pessoas e o pior, realmente, são os que não se revelam, mas fazem de tudo nas escondidas.

Fábio Mayer disse...

Belíssimo texto!

Bem de acordo com o que penso.

Janethe Fontes disse...

Os personagens políticos que temos no Congresso são tão asquerosos e corruptos que se houvesse uma mulher como essa por lá (que diz as verdades na cara e sem medo), eles com certeza teriam arquitetado a morte dela.

Desculpe-me por me expressar assim Neto! Mas odeio a política que se tem no Brasil!

Bom final de semana pra você! Vou conhecer o autor do texto.

M.P. Dois Cliques disse...

Muito interessante o texto do autor.

Em linha com minha filosofia política :D

Alma inquieta disse...

Olá amigo Professor Valdeir!

Que me deu um voto de confiança num trabalho de muita responsabilidade!
Este texto tem uma qualidade à qual já me habituei. Muito obrigada por nos oferecer sempre uma qualidade muito acima da média!

Parabéns Neto pela escolha do Professor Valdeir!

Lamento imenso o que se está a passar aí no Rio..., esse povo irmão merecia viver em paz!

Um beijo enorme para os dois, daqui de Portugal!

Weslley M. Almeida disse...

Se Odete adentrasse as portas do Congresso Nacional, seria mais uma ... vilã. (Só que - pelo menos - assumida)

Lugirão disse...

Gostei muito do Texto. Bjos

Postar um comentário

- Comente, é sempre bom saber sua opinião.
- Comentários ofensivos ou mal educados não serão publicados.
- Comentários anônimos serão publicados se relevantes.
- Para criticar, sugerir ou elogiar, vá aqui.