Conselho de ética, não! conselho dos amigos

Vejo até compreensivel a reação de alguns senadores que, ao observarem a decepção popular, querer que se feche o Conselho de Ética do Senado. Eles dizem que o sistema faliu, e que independentemente de qual o partido, de oposição ou governo, quem tiver maioria lá nunca será investigado. Bingo. Isto não é mais novidade, e como eu já havia dito, não há um Conselho de Ética, o que há é um conselho "entre amigos".

Conselho de Ética do Senado Federal: fechar ou não fechar?
E o problema é que, seja no conselho de ética ou em qualquer outra instância do poder, a questão de fundo não é normativa. Não adianta fechar e pronto. O real problema é a "frouxidão de valores e de caráter" desses mesmos parlamentares. O Brasil, com essas instituições, caminha literalmente ao fundo do poço. As crises não são apenas política, econômica e social, elas são sobretudo de moral e falta de vergonha.

Para um senado já fragilizado e pelo que se têm dos políticos, a solução nem seria mais uma simples mudança ou um fechamento. Faz-se necessário expulsar realmente as 'laranjas velhas e podres'. O que sustenta uma instituição (qualquer instituição!) é assentá-la num consenso mínimo em torno do que é proibido e do que é ilegal. Mas infelizmente "esse foco", a maioria dos que fazem hoje o Senado já não tem.

4 Comentários:

Lord disse...

Amigo

Temos que fazer o FORA SARNEY voltar ao destaque em nossos blogs
Não podemos jogar o toalha!
TEMOS QUE CONTINUAR LUTANDO COM NOSSAS ARMAS

de um seguidor de seu blog. um abraço

Lord - caranovanocongresso.blogspot.com

OBS.: Precisamos ter um forum onde a gente possa discutir o rumo de nossas lutas, abri um blog de nome bloggersemacao.blogspot.com, procuro pessoas interessadas, que serao colocadas como coo-autores.

Daniel disse...

Conselhos de Palhaços, isso sim! Um abraço.

http://contesta-acao.blogspot.com

A Itinerante - Neiva disse...

Disse bem, Neto.

O que está errado não é a instituição ou o sistema e sim as pessoas que estão nelas.

Beijos

Fábio Mayer disse...

Ao estourar o caso Sarney, ele e Renan Calheiros passaram a escolher a dedo os integrantes do tal conselho de ética.

É a tal coisa, qualquer órgão julgador escolhido assim ou é de exceção ou é de conveniência e em ambos os casos, fere qualquer lógica constitucional.

Postar um comentário

- Comente, é sempre bom saber sua opinião.
- Comentários ofensivos ou mal educados não serão publicados.
- Comentários anônimos serão publicados se relevantes.
- Para criticar, sugerir ou elogiar, vá aqui.