Discussão no STF: Joaquim Barbosa X Gilmar Mendes

O assunto da semana foi a discussão dos ministros, Joaquim Barbosa e Gilmar Mendes no STF.


Não é de hoje que eu percebo uma certa 'conotação pessoal' do Sr. Gilmar Mendes em suas decisões. Embora os argumentos dele sejam embasados juridicamente e de acordo com a constituição, suas interpretações e decisões não levam em conta os efeitos e as consequências dessas causas em nossos tempos atuais.

Da mesma forma que repercutem tanto positivas como negativamente, essas decisões, podem ser, igualmente, devastadoras em uma sociedade democrática. Não é bom para o país que viva de 'achismos' ou 'ditaduras' numa instituição, e nem mesmo em um órgão responsável por guardar a constituição como o Supremo. Portanto, acredito que deveriam ser melhor refletidas

O ministro Joaquim Barbosa, ao alertar sobre isso, viu Mendes, mais uma vez, desdenhar do assunto.
No entanto, foi engraçado ver, na discussão, Gilmar Mendes ficar corado, ao ouvir 'na sua cara', frases como: "O Sr. não está falando com seus capangas do Mato Grosso, ministro Mendes! Me respeite!" e "Vsa. Excelência não tem moral para dar lições, ministro Mendes!"...

Nessas horas, concordo integralmente com o ministro Joaquim.

7 Comentários:

Conceição Duarte disse...

Meu Deus onde chegamos e em quem acreditar. Um é macho demais! Agora terá alguém, com certeza a mídia avegiguar se o Mendes tem Capangas... E quem os tem... não cheira bem...
Que Deus ilumine os homens de boa vontade, se é que eles existem. A coisa ta feia, se nesse nível de gente a coisa chega a esse ponto de discussão e baisaria, imagina o risco que corremos diariamente nas ruas, nas padarias, supermercados, escadas rolantes, trânsito, etc... Só mesmo por Deus!
Bj< CON

Daniel disse...

Queria que o Joaquim Barbosa tivesse sido o relator da questão da Raposa/Serra do Sol. Um dos poucos nessa casa fajuta que pode ser levado a sério. Você tem um selo lá no Contestação. Um abraço.

http://contesta-acao.blogspot.com

Lis disse...

sabia que eu gostei deste bate-boca? Não sei se o Ministro Joaquim Barbosa é sério msm, mas amei ver o Gilmar Mendes mudar de sarcástico para sem graça rapidinho e ficar com sorriso amarelo.Detesto este ministro,acho ele muito arrogante e PSDBista...rsrsrsrsrs
Amore,então vc não nem um pouquinho tímido hein?E ainda por cima é palestrante que agrada?rsrsrsrss Eu até que falo em público mas se alguém começasse a me vaiar não sei se conseguiria ir até o fim para verificar se poderiam mudar de idéia hehehehe
Medrosa? Será?
E adorei o princesa, tenho que confessar que adoro ser mimada!! Bjussssss

parabolas disse...

Todos nós sabemos que, quem não consegue conviver com as divergências, não está preparado para estar numa democracia.

Uma instituição como o STF, com vários dos seus ministros/membros pairando e vivendo numa órbita afastada da terra e fechados em uma torre de marfim, agem como quem está num sistema ditatorial. Onde eles criaram as regras e as modificam a seu bel prazer, sem lembrar do povo.

Quando o min. Joaquim Barbosa citou "Saia às ruas, Gilmar!" alertava para isto. E é muito triste ver até que ponto as instituições no Brasil chegaram...

É temeroso!

Tarcisio disse...

Vsa. excelencia está destruindo a Justiça no Brasil, Senhor Mendes! ... disse Joaquim Barbosa.

A partir do momento em que o ministro Gilmar Mendes gostou de suas inserções na mídia e de dar o seu grito como paladino da justiça no país, tornou ele próprio, o poder judiciário, uma instituição inteiramente "suspeitosa" por suas constantes apresentações.

Bons tempos aqueles em que tínhamos a Ellen Gracie no comando do órgão. Ela, ao menos, conhecia a liturgia do cargo.

Abraços Neto!

Philip Rangel disse...

Gostei dessa discussao...ele é muito queto em suas decisoes...mostra mais embate nessa historia..e dai alguma coisa sai....

abraçao

Carlos Emerson disse...

Continuo achando que ali, no meio de um julgamento, na frente das câmeras de TV, a discussão foi completamente desapropriada e improdutiva.
Mas a cara do Gilmar Mendes valeu a confusão!!!!
Um abração.

Postar um comentário

- Comente, é sempre bom saber sua opinião.
- Comentários ofensivos ou mal educados não serão publicados.
- Comentários anônimos serão publicados se relevantes.
- Para criticar, sugerir ou elogiar, vá aqui.