LHC - O Grande Colisor de Hádrons e a Miséria no Mundo

Interessante o funcionamento do LHC (Grande Colisor de Hádrons) e a sua importância para a Física.

LHC 1

LHC 2
Dizem que é 'A Máquina do Fim do Mundo'. Será?

A humanidade, por meio do LHC, está próxima de desvendar a origem do universo, e isso é bom. Entretanto, paradoxal e paralelamente, não resolveu ainda os seus problemas mais básicos, como a pobreza extrema, que assola um 1/6 dos habitantes do planeta. A meu ver, seria muito proveitoso, se por meio do capital intelectual de que dispomos, acelerássemos também, além de partículas atômicas a velocidades próximas à da luz, o desenvolvimento pleno de todos os seres humanos.

Enquanto a matéria e os primórdios do cosmo estão sendo desvendados, mais de um bilhão de pessoas permanecem ocultas e esquecidas, sendo cotidianamente engolidas pelo 'buraco negro da miséria e da fome'.

Não sou contra a ciência, mas é bom ressaltar que, com o dinheiro investido neste imenso projeto, muita coisa poderia ter sido feita em prol do planeta e das pessoas. E talvez, hoje, seja mais importante preservar o planeta do que somente descobrir de onde ele veio.

7 Comentários:

Fábio Mayer disse...

Neto,

Com todo respeito à sua opinião, mas eu penso que cada centavo investido em pesquisas assim, retorna à sociedade mundial com juros e correção monetária.

Graças a pesquisas sobre a natureza da matéria, se descobriram muitas características de metais e condutores que levaram, por exemplo, à criação do chip e do microchip, que por sua vez popularizou o computador e criou uma indústria bilionária que gerou empregos no mundo inteiro.

India e China, graças ao computador, colocaram 100 milhões de pessoas em atividade econômica que vai desde a fabricação e montagem de computadores, até o atendimento de telemarketing feito via satélite para atender empresas de países ricos, o que não seria possível sem aquelas pesquisas que as vezes parecem inúteis, como as sobre a natureza do átomo ou ainda, o mais visível, viagens espaciais.

Boa parte do parque industrial norte-americano beneficiou-se com o programa Apolo que mandou alguns homens à Lua para trazer algumas pedras. Mas coisas como relógios digitais, velcro, tecidos térmicos e isolantes poderosos continuam em uso até hoje, gerando riquezas globais.

A ciência as vezes custa caro, mas em verdade, não tem preço pelos benefícios que gera!

Neto disse...

Parabéns Fábio! pelo seu complemento ao meu post.

E como falei antes, não sou contra a ciência nem contra os investimentos.
Minha posição é que, levam décadas e muito tempo para que todas 'essas novas descobertas' gerem resultados.
E a miséria no mundo (basta ver, ou ler, notícias sobre países da África) requerem imediatismo.

E dinheiro dos países ricos e hoje industrializados não faltam para isso.

Vagner Ferreira disse...

Valeu Neto. Percebi que você não possui buttons de blogs por aqui. Já inseri seu link no Made in brasilis, OK?! Aguardo o meu hein! Um abraço e sucesso co o Sakuxeio.

cilene disse...

Neto eu fico impressionada como o mundo cada vez mais moderno ninguém consegue acabar com problemas básicos de 3000 mil anos como a pobreza. Eu quero e que esse mundo se acabe logo
www.cilenebonfim.com

iara-alencar disse...

oi...eu nao saquei nada de LHC...
mas usar o cocomment é facinho, é muito intuitivo.
Ei o local do comentário ainda esta quase invisivel.
Att
Iara

ZEPOVO disse...

Sei que a finalidade da geringonça é bem mais importante do que parece para os leigos como eu. Na verdade podem surgir outras geringonças a partir dos experimentos que serão feitos. como melhores equipamentos de diagnóstico de doenças, desenvolvimento de alimentos transgênicos melhores e sabe mais o que.
Mas a versão mais divulgada, pela mídia é a "origem do universo", o big-bang; e isto só é feito porque o ser humano não contente em saber que veio do macaco quer saber de onde veio a macaco.
Pois bem, mesmo que desenvolvam o modelo exato do big-bang, com certeza vamos ver animações até a exaustão, eu quero ver os físicos descobrirem o que explodiu no big-bang, que matéria, que coisa foi detonada. Será que o tempo foi comprimido até a explosão que resultou na matéria???? Então quero saber o que o tempo estava fazendo perdido no nada????
Brincadeiras a parte a ciencia sempre de alguma forma melhora a humanidade. Sempre.

cilene disse...

Acho que vc pode usar o submarino,mas quanto a dar lucro nao sei.quantos visitantes vc tem por dia? tem gente que consegue ganhar dinheiro com poucos visitantes por dia, mas eu nao sei como..queria aprender...mas ainda nao descobri esse mistério. Mas acho que vale a pena porque a gente investe muito nesses blogs

Postar um comentário

- Comente, é sempre bom saber sua opinião.
- Comentários ofensivos ou mal educados não serão publicados.
- Comentários anônimos serão publicados se relevantes.
- Para criticar, sugerir ou elogiar, vá aqui.