A Emenda 29 e o Soneto

Finalmente, a presidente Dilma Rousseff sancionou na semana passada a polêmica Emenda 29. Agora, estados e municípios terão que investir em saúde, percentuais fixos de 12 e 15% respectivamente do seu orçamento (PIB). Apesar de considerar ainda pouco, é um avanço.

emenda29-saúde

O texto aprovado pela presidente Dilma ainda não é o ideal, pois o governo federal ainda vai colocar a mão no bolso como sempre fez, mas pelo menos agora é lei. A emenda 29, que garante maior investimento na saúde por parte dos estados e municípios, foi sancionada e não haverá mais lugar para desculpas esfarrapadas de falta de recursos.

Agora, prefeitos e governadores entendem que não adianta ficar pedindo dinheiro ao governo para bancar a saúde. Eles terão que aprender a fazer mais com menos. É hora de ver, na prática, então quem é quem. É hora, por exemplo, de separar quem são os eternos resmungões incompetentes daqueles que tem competência na gestão.

Apoiei a iniciativa!

1 Comentários:

Mario Lobato da Costa disse...

Postei o link do post no meu blog. Concordo com vc: não foi tudo que a gente esperava, mas foi um avanço.

Postar um comentário

- Comente, é sempre bom saber sua opinião.
- Comentários ofensivos ou mal educados não serão publicados.
- Comentários anônimos serão publicados se relevantes.
- Para criticar, sugerir ou elogiar, vá aqui.