Os pobres metidos a ricos

No Brasil, existem três tipos de pessoas: os ricos, os pobres e os pobres metidos a ricos. Essa última classe é a pior, pois esse pessoal vive querendo fingir e querendo aparentar ser quem, na verdade, não é. Apesar de ter uma condição de vida melhor que a de muitos miseráveis Brasil afora eles ainda são considerados pobres por causa, justamente, de suas... atitudes.

classe-D

Essa gente, embora sacrificadas, ganha pouco e gasta muito, e gasta mal. Na tentativa de suprir suas demandas, elas compram todo tipo de supérfluos que veem pela frente, e consomem sem nenhum objetivo. Pior é que, erroneamente, pensam que o crédito abundante hoje em dia, das lojas e no banco e no seu cartão de crédito, representa "um salário a mais" para elas no fim do mês.

Eles não tem nenhuma noção de investimento ou poupança. Constantemente, vivem dizendo besteiras, fazendo bobagens e, na maior parte dos casos, estão todas endividadas ou atoladas até o pescoço em dívidas. Os "pobres metidos a ricos" querem viver e andar como os ricos, curtir a vida como os ricos, passear como os ricos, falar como os ricos, e mostrar que tem conhecimento e a cultura que os ricos tem... É fácil distinguir essas pessoas na rua ou em um shopping por exemplo, pois elas sempre andam juntas, agarradinhas, dando vacilos e mostrando logo a que tipo de classe social pertencem - e o nível que tem.

Porém, graças aos programas sociais e aos avanços econômicos neste país, e a enorme oferta de crédito disponível hoje em dia, esse pessoal, antes excluídos socialmente, tem agora a oportunidade de estudar, de se instruir, de se informar melhor e sair da vida que agora tem.  Como diz: estão "nadando em dinheiro". Enfim, já podem atualmente serem chamadas de os novos ricos do país.

O problema é, como disse certa vez um amigo meu, ao se referir à um deles:
ser-pobre-é-foda
"As vezes eles saem da pobreza, mas "a pobreza" não sai, deles".

É duro!

34 Comentários:

CaFoFo online@ disse...

Simplesmente AMEI o post!!!
Pra mim que ainda tem os super ricos, mas ricos, acho que nao, acho virou tudo classe média. Ou será estou enganada? Mas de uma coisa tenho certeza, os que mais tem sao os pobres metidos a ricos, ahhh isso está super lotado!! rs
E engraçado, você disse certo, Deus me livre que fale de economizar pra eles, é uma palavra pobre, atitude de "pra que guardar se nao sei se vou estar vivo amanha?" Nao é bem assim? hehe
Adorei a frase final, fechou com chave de ouro!

hlondo disse...

Poha! esse post parece que foi feito pra mim. hehe Me sinto nessa categoria :D

jonathan disse...

Ultimamente a classe social que mais avança é a classe D e E, como lembrou aí antes excluídas socialmente. Acho que é preciso entender melhor um pouco o contexto antes de julgar - ou pré-julgar.

No Brasil de antes, dos outros governos e dos outros governantes, todos falavam e ninguem fazia nada. Essa classe pobre aí parecia não existir para os políticos do alto escalão, e só eram lembrados pela elite quando eles precisavam de alguem para chamar de 'escravos' ou de 'meus empregados'. Infelizmente, essa gente estava fadada a ser sempre o capacho no chão que os ricos pisam. Com o governo de Lula (vou lembrar porque tem gente que não gosta de ouvir e até nem aceita), esses pobres hoje tem direito às coisas boas que antes só os ricaços tinham. Podem ter emprego e até ser empresários ou micro-empresários se quiserem. Mas o melhor de tudo não foi só isso, foi o resgate da auto-estima, algo que eles achavam que não tinha mais, porque a elite que AMA os E.U.A aqui no Brasil os queriam apenas como colonizadaos.

Pobres ou não eles são tão brasileiros como nós e como qualquer outro. Não podem ser excluídos ou menosprezados por não ter Educação, por faltar-lhes condições finaceiras ou por não saber falar direito. Embora os ricões não pense assim, eles são tão brasileiros como eu e você. Sem lembrar que são eles que fazem essa elite mafiosa no Brasil serem ainda mais ricos do que são hoje, só com seus trabalhos honestos.

Tatiana disse...

Oi Neto!!!
Também é um prazer te conhecer!!
Quanto ao teu post, tomara que, com a instrução eles acrescentem as palavras juros e orçamento no dicionário deles..rs!!E com isso a bolha no Brasil vai aumentando!
Ninguem merece!
Bjs.

CaFoFo online@ disse...

Ei, man, quando eu quiser fazer pesquisa de precos de hoteis já sei onde encontrar, no Sakuxeio!! Alias, esse é apenas um detalhe, visto quanta coisa já aprendi por aqui ;)

Saudades de você, virou pobre metido a rico, foi? kkkkk
(pior que esqueceu da outra pobre aqui)

Beijokinhas

Valdeir Almeida disse...

Neto,

Interessante, você escreveu o que eu gostaria de ter escrito.

Eu conheço alguns metidos a ricos que, além de ter esse comportamento que você descreveu, ainda dizem "Oxe, troca de carro!", "Vou te dar o endereço da loja onde compro minhas roupas, você também precisa se repaginar".

São pobres metidos a ricos e pobres de espírito.
Abraços, Neto.

Luca Miranda disse...

A vida e deles, o problema e deles, o que incomoda tanto o fato de as pessoas poderem viver a vida da maneira que elas querem, e nao precisar das regras baratas e ilusórias que os ricos fazem. Peidar cheiroso nem o rico pode, então pq classificar o pobre, sinto a tamanha inveja da felicidade dessas pessoas que não se preocupa com o limites imposto pela sociedade certinha que tem como chefe de família, corruptos, pedófilos, estrupadores, viciados.. enfim. O que incomoda o rico e fato de não pode usufruir da maneira que quer do seu dinheiro, tem sempre outro besta ditando um regra de como se vestir, de como comer, o dinheiro e meu e faço dele o que quiser, não gostou problema e seu, viva a sua vida que eu vivo a minha.

Miguel disse...

Neto, brilhante teu texto. Em poucas palavras vc definiu exatamente o que vem acontecendo neste país. Sabe, moro em um bairro muito bom em Sampa, porém ele é passagem para alguns outros bairros bem humildes, e frequentemente vejo na avenida principal pessoas oriundas desses bairros mais pobres vestindo óculos escuros dentro de seus carrões OK. Nada contra, mas fico imaginando, como esse pessoal consegue comprar carrões, será que comem, possuem uma vida doméstica com alguma dignidade? Fica aí a questão.

Tua matéria abaixo sobre homofobia foi bem oportuna.

Abração meu caro, até outras...

Anônimo disse...

Caro colega!se você se incomoda tanto com a maneira de viver das outras pessoas, é porque você não tem nenhum outro objetivo de vida, se despresa tanto a classe "D" não deveria se comportar como um deles,pois só pobre é que gosta de viver na rua olhando a vida dos outros,procure viver sua vida e seja feliz, deixando cada um viver na sua, até porque não é você que vai pagar as dívidas deles.

Anônimo disse...

Admiro quem escreve um artigo, porém admiro aqueles que escrevem com alguma finalidade útil. Seu trabalho é preconceituoso, o que mais me entristece é ver a Burguesia se perguntando como este ou aquele conseguiu algo. eu não tenho culpa de ter vindo de um lar humilde, ou não ter um grau de escolaridade desejado, ou se meus pais ou eu não conseguimos quebrar a corrente de nossas vidas simples. Agora não me tire o direito de lutar para andar de óculos escuro em um carro que troquei recentemente com bastante esforço, e mais uma coisa, quem poderia guardar o dinheiro do pão de cada dia de seus filhos pelo simples fato de tê-lo guardado é a burguesia.

Anônimo disse...

certissimo é simples assim texto verdadeiro o problema nao é que eram pobres e ficam ricos é que alguns ficam soberbos insurpotaveis se pelo menos fossem ricos mas procurasem deixar de ser ignorantes arrogantes tem uns que nem ficaram ricos conseguiram uma casa um carro em 60 parcelas ou alugado rsrs e ja querem passar pór cima de td mundo arrogantes sei que nao são todos mas que tem uns insuportaveis assim tem ...

Anônimo disse...

" As vezes eles saem da pobreza, mas "a pobreza" não sai, deles".
com certeza acho o mesmo bjs

cris disse...

viver......viver.....do jeito que acharem melhor,meu amigo viva!!!!

cris disse...

""concordo plenamente que existem muitas pessoas pobres metidos a ricos,mas meu amigo...que importância tem pra você questionar a vida alheia? Si pensarmos bem...não existe ricos,pobres...na minha opinião...estamos vivendo uma mistura de classe média e os miseravéis...essa é a realidade nua e crua.estamos em um titanic...fim do navio ...salve-se quem puder e sejam felizes!!!!

Anônimo disse...

Cruzes! Meu cunhado não tem um tostão furado no bolso, mas usa o cartão da mulher dele( que também nao é rica)para comprar roupas de marca, luxar em passeios e ainda por cima liga para as colunas sociais dos jornais de grande circulação na esperança de um dia aparecer na coluna dos chiques!

Anônimo disse...

MUITO BEM COLOCADO SEU PENSAMENTO.PARABENS

Anônimo disse...

O tal do preconceito é terrível. É muito fácil ficar metendo o pau quando se nasce em berço de ouro. Por um acaso quem trabalha feito um burro pra conseguir ter alguma coisa é menos digno do que os ricos? (alguns em sua maioria não fizeram esforço nenhum pra conseguir o que tem, pois é herança)

Kristina disse...

Exatamenteeeeeee

Anônimo disse...

Eu sempre reparei nisso, mas nunca falei. Existe pessoas pobres mesmo e classe média que são extremamente arrogantes. E existe gente riquíssima que você nem sabe.

Conheço gente rica que você não diz: andam de ônibus, vão no mercado, entram em fila, pesquisam os preços das coisas antes de comprar, pagam a vista suas compras.

Você não diz. Nem todo rico usa roupas de marcas, você nem diz. Você só repara que a pessoa é rica quando ela começa a falar algumas coisas muito discretamente. Daí, você vê e percebe pelas coisas que a pessoa diz só pode ter grana. São humildes sim e acessíveis.

Enquanto por outro lado pode existir pobre, pobre mesmo, que são extremamente arrogantes.

Vou te contar o que aconteceu comigo. Uma vez eu vi um mendigo na rua fazendo uns desenhos lindos. Daqueles mendigos cultos à Les Miserables.

Eu vi os desenhos dele e o abordei perguntando porque ele não coloria os desenhos. Ele nem me deu muita conversa. Disse que não coloria mais porque não existia mais pincel da marca que ele usava.

Eu fui correndo na papelaria comprar canetinhas hidrocor para ele terminar o desenho e colorir, quem sabe ele colocava uma corzinha no desenho. Mas eu comprei da marca que meu dinheiro dava.

Olha que ele respondeu:
"Essa marca? Como você tem coragem? Eu só uso a marca Faber Castell..."

Fiquei sem graça. No tempo dele ele usava a marca Faber castell e preferia ser mendigo e usar a marca Faber Castell. Ele não gostou do presente.

Ou seja... Existe pobre metido sim, pessoal. Não é por que a pessoa é pobre que é automaticamente humilde não. Inclusive essa pobreza é fase para ver se o espírito dessa pessoa evolui. Mas, no caso do mendigo em questão continuou arrogante.

Sei lá. Para mim tem de tudo. É normal em países emergentes os ricos serem extremamente arrogantes. Mas, os pobres também são. Brasileiros são muito metidos! Desde o mendigo até o político.

Mas, claro que há excessões. Pode se encontrar pobres humildes e ricos humildes também. O negócio é concentrar todos esses espíritos humildes e masculinos num mesmo lugar.

Mas, não dá... Os espíritos de mulheres e infantis invadem toda área. E são sempre arrogantes.



Anônimo disse...

pura verdade kkkkk

Anônimo disse...

ODEIO POBRE SOBERBO

Anônimo disse...

Na verdade voce odeia o pobre suberbo ou voce chama essas pessoas assim porque agora podem também desfrutar a vida? Com esse pensamento voce colabora com o preconceito, desigualdade social e pior a criminalidade. Nao é melhor no seu país todos terem o que desejam adquiridos do próprio trabalho do que sair roubando? Que bom que as coisas estao melhorando para essas pessoas no Brasil, afinal oseu país é conhecido mundialmente pela desigualdade social.

Anônimo disse...

kennedy- sim não estamos criticando os pobres, mas sua falta de humildade. Eu nunca tive herança, passei 15 anos pagando uma boa casa,5 anos paguei um bom carro e tenho uma vida tranquila e sem dever nada a ninguem,e a coisa que mais gosto de expor é a humildade e não os bens que Deus me deu.Não tem coisa mai bonita do que ser humilde mesmo aqueles que são ricos.

Anônimo disse...

Infelizmente essa é a triste realidade essa que nós vivemos nos dias de hoje: ter de conviver com pessoas metidas. A desigualdade social cresce a cada dia e parte das pessoas de hoje desconhecem a ética.

Anônimo disse...

Felizmente tem essas diferenças porque somos humanos, no Brasil de hoje, todos tem praticamente as mesmas oportunidades, tanto na INstrução Escolar, como comprar seu próprio veículo, om que ante era previlégios de pessoas mais abastadas acabou. Loógico, que tem gente metido a besta,no nosso planete terra isso sempre vai existir.

Anônimo disse...

Francamente Sr. J. Neto! O Sr. não passa de um idiota preconceituoso. Somente uma pessoa mesquinha e tacanha como o Sr. poderia escrever um artigo inútil como esses - se é que merece esse título (artigo). As pessoas são como elas são, independentemente de classe social. Convivo com pessoas de todos os níveis e posso afirmar categoricamente o comportamento repudiado pelo Sr. pode ser verificado tanto no "rico", quanto no "pobre". Infelizmente, pessoas como o Sr. não tem condições de ver além daquilo que querem ver, fechando-se no seu próprio mundo, onde tudo é perfeito e adequado. Mas aí, vem a tal da tolerância, que importa dizer que outras pessoas podem ter opiniões diferentes e até opostas às suas! Fica a dica.

J. Neto disse...

Olá Anônimo! O seu comentário mostra, realmente, que você não entendeu o texto. Não há preconceito nem ofensa de minha parte. O que há aí é uma opinião.

Porém, entendo que na internet, é muito fácil ofender os outros. Afinal, pode-se esconder no anonimato da rede. O difícil mesmo é comentar, e mostrar a cara não é?

ADRIANA MONTREAL disse...

OLHA ACHEI ESSE ARTIGO CHEIO DE PRECONCEITO SIM, NAO DEVEMOS NOS PREOCUPAR COM A VIDA ALHEIA, E SIM COM AQUELA IMAGEM QUE SE REFLETE NO ESPELHO QUANDO OLHO PARA ELE COM ESSA PESSOA SIM QUE DEVEMOS CUIDAR, E NAO CRITICAR MEU PROXIMO, POIS NO FIM TODOS RETORNAREMOS AO PO.E A MORTE LEVA RICO E POBRE, DOENÇA TAMBEM TAO ESCOLHE, CULTURA, MODO DE FALAR, CARTOES CRÉDITOS,E IMPORTADOS. NAO SEI SE VC É RICA OU POBRE NAO SEI QUAL É SUA CLASSE, MAS REFLITA MAIS SEJA RICA EM SUAS AÇOES E NAO POBRE EM SEU PRECONCEITOS.

Demys K. Gonçalves disse...

Legal mesmo, e quando eles começam a roubar ou sabotar o trabalho dos honestos para dar continuidade a sua falsa vidinha, sejam eles ricos ou pobres, mas nao tenha duvida que e bem mais facil ver isto nos pobres.

Anônimo disse...

Puxa!! Fiquei perplexo com tamanha preconceito, exibindo fotos e tal, mas pior, é possível ver ainda quantas pessoas pensam desse jeito. Mas em fim, isto por algum lado é bom, porque demostra que não é só os pobres que prestam atenção nos ricos assim como os ricos também prestam muita atenção nos pobres. Não vejo motivo nenhum da pessoa se comportar da forma que quiser com seu dinheiro e sua economia, até porque os ricos, o que eles mais desejam é que essa desigualdade social persista para sempre, então porque se importar que o pobre está usando errado seu dinheiro ou exibir suas conquistas. Cada um com sua forma de demostrar suas garras, sejam elas grandes ou pequenas. rsrsrsr...nada de inveja pessoal. Abraços

Anônimo disse...

Boa o texto!!Amei!!

Anônimo disse...

Achei este Blog,totalmente constrangedor e preconceituoso,apoio a todos que defendem os pobres,muita gente
tem dinheiro mas são vazios,e sentem inveja de ver que a felicidade está nas coisas mais simples,e não na quantidade de dinheiro!!! O verdadeiro amigo não é aquele que está do seu lado nos piores momentos,porque isto qualquer um pode fazer,o verdadeiro amigo é aquele que suporta conviver com a felicidade do outro!!(Frase do Pe.Fábio de Mello) Tenho pena daqueles que concordaram com o que foi postado,não esqueçam,que todos morrem e apodressem,com dinheiro ou sem dinheiro!!! Eu achei maravilhoso ver a felicidade destas pessoas tão criticadas,mas que tem DEUS no coração,por isto a felicidade delas. vc que fez esta postagem aprenda a se amar,para poder oferecer algo de bom para seu próximo!!!Tenho pena de vc e de todos que o apoiaram!!São vazios D++++...DEUS deu o livre arbítrio,não vai ser um mortal que vai querer julgar...Foi a primeira vez que passei aqui e a ultima!!! Cuidade o mundo é uma montanha russa,uma hora estamos lá em cima e muito rápido estamos lá embaixo!!!! Conheça DEUS é o que está faltando em sua vida e daqueles que concordaram.Gostaria de saber,se estas pessoas autorizaram estas fotos,para esta matéria??

Roberto Hyra disse...

É incrível como tem pessoas que leem, mas ainda não conseguem entender um texto. Não é atoa que são pobres de espírito, afinal, a ignorância é o maior mal da humanidade e é muito, muito triste.

Anônima, pra que quer saber se alguém autorizou as fotos se você mesma se porta como uma..."anônima"????.
Mostre quem é, mostre a cara antes de criticar o autor do post.

Anônimo disse...

Meu querido me desculpe, mas a verdadeira riqueza de alguém, não é material e sim o interior de uma pessoa.Vc está monopolizando as coisas boas só para os ricos, percebeu isso? Até a cultura como vc disse, vc quer que só os ricos a tenham.eu sou pobre, mas se um dia eu puder comprar uma mansão no Morumbi, qual o problema? e se eu quiser estudar meu filho na melhor escola?E se eu quiser ler bons livros que me trazem conhecimento eu não posso só porque eu sou pobre.Isso é preconceito! então porque eu sou pobre, eu tenho que comer só arroz e feijão, usar roupas de má qualidade, morar em muquifos...Se eu sou pobre e tenho algum meio nem que seja o cartão de crédito, de adquirir coisas boas então eu não posso?Seja um pouco mais humano.

Postar um comentário

- Comente, é sempre bom saber sua opinião.
- Comentários ofensivos ou mal educados não serão publicados.
- Comentários anônimos serão publicados se relevantes.
- Para criticar, sugerir ou elogiar, vá aqui.