A copa do mundo no Brasil sem cerveja

De olho em 2014, recentemente, o presidente Lula sancionou as novas regras para o Estatuto do Torcedor, e ontem, eu li uma nota que dizia que a FIFA vai pedir a suspensão desse estatuto durante a copa do mundo no Brasil porque ele proíbe a venda de bebidas alcoólicas nos estádios. O motivo alegado pela entidade é que ela tem um contrato vitálicio com uma fábrica de cerveja que torna obrigatória a venda das cervejas nos estádios.

copa-2014-cerveja

Segundo essa nota, os dirigentes da FIFA afirmaram que estavam muito sensibilizados com as boas intenções do Estatuto do Torcedor e com as novas regras, mas não podem dispensar o dinheiro que auferem com a venda e os anúncios de cerveja nos campos de futebol.

Pensando bem, depois de assistir aos jogos modorrentos e enfadonhos na copa do mundo da África, de ver juízes experientes errando de forma amadora e jogadores se achando o umbigo do mundo, esse estatuto deveria mesmo ser abolido durante a copa no Brasil. Isso porque somente uma pessoa embriagada é quem vai tolerar essa péssima qualidade dos jogos de futebol dos dias de hoje.

8 Comentários:

Cleiton félix disse...

Sou a favor das novas regras do estatuto, apesar de saber que os clubes atualmente estão mesmo jogando um futebol ruim (a exceção é o Santos e o Fluminense que um joga bonito e o outro é aguerrido), mas o problema de tudo isso está mesmo é na corrupção e na cartolagem, que impede o futebol de ser o esporte que é.

Jurema Cappelletti disse...

O estatuto é bom por um lado, mas péssimo por outro. Lembra a tal Lei anti Fumo. É aquela sensação desagradável de leis impostas por quaisquer situações (até mesmo pelas palmadas nos filhos).

Evita grandes tragédias com bêbados aos montes em um Estádio de Futebol, mas é um diretório a mais tratando adultos como se fossem todos irresponsáveis.

Vão sendo criadas leis, uma hoje aqui, amanhã outra ali... e, aos poucos, quando menos se esperar ninguém terá mais liberdde de fazer coisa alguma sem limitações.

Interessante é ver o presidente L.I. assinando este estatuto. Logo ele que insiste em fumar dentro do Aerolula, seja correto ou não. Logo ele que não admite ser tolhido nem pelo Tribunal Eleitoral.

Jurema Cappelletti disse...

Esqueci do comentário/resposta que deixei lá

"Admito minha ignorância no assunto. Na época, não gostei da escolha e não compreendi porque tanta gente achou bom que tenham optado por Jsoé Serra. Pode até não ocorrer a vingança, mas duvido que a malícia petista não esteja se aproveitando dessa possibilidade disso."

Você sabe o motivo que leva a maioria dos internautas a preferirem Serra a Aécio? Deve haver alguma coisa que desconheço.

Fábio Mayer disse...

Daí, se meia duzia de bêbados retardados invadirem o campo e derem um pau num juiz qualquer da Copa em Curitiba, no estádio do Atlético Paranaense, a FIFA vai suspender os mandos de jogos do Coritiba como punição exemplar, mesmo ele não tendo feito nada de errado... a CBF usa esse critério, pune quem não faz nada, passa a mão na cabeça de quem apronta...

ZEPOVO disse...

Proibir cerveja é besteira. O torcedor pode beber antes e depois, pode chegar "turbinado" e "recarregar" após o jogo!
Não é possível dotar certos elementos de bom senso.
Pelo mesmo motivo que acho besteira proibir torcida organizada, uso de camisa do clube e por aí vai...
Bandidos, vândalos e arruaceiros devem ser combatidos pela Lei normal.
Proibir pessoas com bom senso de beber, mostrar o clube predileto usando camisas ou se organizarem para torcer mais bonito é excesso de autoridade.

MENEZES disse...

Me desculpe o editor do blog, mas não existe essa de : "Pensando bem, depois de assistir aos jogos modorrentos e enfadonhos na copa do mundo da África, de ver juízes experientes errando de forma amadora e jogadores se achando o umbigo do mundo, esse estatuto deveria mesmo ser abolido durante a copa no Brasil.", acho que o que falta no brasil, é convicção se uma lei é justa ou injusta, e em cada caso, lutar muito para que ela seja cumprida! Eu é que estou de sakucheio de ver a constituição e meus direitos serem violentados pelas necessidades de grupos que deveriam obedecer as leis!

Anônimo disse...

As mudanças no Estatuto do Torcedor fazem parte do pacote "Torcida Legal", do Ministério do Esporte.

As principais medidas são: 1) sanções ao torcedor que praticar atos de violência e vandalismo em um raio de 5 km dos estádios, promover confusão ou invadir o campo, e pode ser punido com o pagamento de multa, banimento dos locais das partidas e prisão de um a dois anos; 2) torna obrigatório o cadastramento dos membros das torcidas organizadas, que passam a responder civilmente, de forma objetiva e solidária, pelos danos causados por qualquer um dos seus associados no local do evento esportivo. E a torcida que promover tumulto ficará impedida de comparecer aos jogos pelo prazo de até três anos; 3) a prática do cambismo – venda ilegal de ingressos – passa a ser punida com pena de 2 a 6 anos de reclusão, mesma pena prevista para a punição de árbitros que manipularem o resultado de partidas; 4) arenas com capacidade para 10 mil torcedores deverão ter uma central técnica de informações, com monitoramento do público e das catracas de acesso, exigência que se aplicava apenas a estádios com capacidade igual ou superior a 20 mil pessoas.

Fonte: ME

Bruce Speeder disse...

Mulher safada,sempre será safada.E hoje em dia isso é mais comum do que parece!Mantive uma relação com duas casadas ao mesmo tempo durante mais de três anos,e os cornos nunca desconfiaram ou se sabiam nunca falaram nada!

Postar um comentário

- Comente, é sempre bom saber sua opinião.
- Comentários ofensivos ou mal educados não serão publicados.
- Comentários anônimos serão publicados se relevantes.
- Para criticar, sugerir ou elogiar, vá aqui.