Ciro Gomes e suas grotescas mentiras

O deputado federal Ciro Gomes é um dos maiores atores desse Brasil.
Acusado pelo ministério público de também estar incluído no rol dos deputados que fizeram a farra das passagens aéreas, ele negou veementemente em público e ainda saiu-se com a frase: "Quem foi que mandou fazer isso (pesquisar sobre ele)?... Ministério Público é o caralho!!!".

Ciro Gomes: sem o menor respeito pelas instituições brasileiras
Já é bem conhecido de todos a língua afiada e agressiva, e o comportamento destemperado deste cidadão, mais ainda quando é ele que está se vendo 'ameaçado de ter seus podres revelados'. Embora tenha ele negado em público, o site Congresso em Foco ontem, fez uma boa reportagem e, descobriu que ele não só aproveitou-se da farra das passagens aéreas com dinheiro público, como também não devolveu o dinheiro excedente de suas cotas de viagens como havia dito que fez. Ou seja, desmascarou-o.

Não é surpresa nenhuma para todos, eu creio, o fato de Ciro Gomes ser uma pessoa contraditória em suas palavras (quase todos os políticos que vivem lá no congresso o são), o que surpreende mesmo é ver como uma pessoa como ele, bastante desqualificada, se candidata ao cargo de presidente do Brasil e ainda encontra no país eleitores (idiotas) que votam nele... É mesmo de doer.

3 Comentários:

abraao disse...

O Ciro Gomes é igual àquelas pessoas que na iminência de verem suas patifarias serem descobertas falam alto e se tornam agressivas verbalmente.

A verdade é que sentem medo. Muito medo de terem a sua preal ersonalidade revelada.

[]'s

Daniel Moraes disse...

De de cidadãos como esse que o Brasil NÃO PRECISA. Um abraço.

http://contesta-acao.blogspot.com

Paulo R. Diesel disse...

Políticos são todos assim.
Deveriam fazer estágios na prisão.
O nosso problema é que sabemos das falcatruas e nada fazemos na hora das eleiçoes.

Abraço

Postar um comentário

- Comente, é sempre bom saber sua opinião.
- Comentários ofensivos ou mal educados não serão publicados.
- Comentários anônimos serão publicados se relevantes.
- Para criticar, sugerir ou elogiar, vá aqui.