A farra dos gastos públicos no Brasil

O ministro da fazenda, Guido Mantega, disse na TV, que não existem motivos para preocupações com essa marola. Disse que o déficit atual do governo é menor que o de outros países emergentes e que, o que poderia ocorrer ao fim desse ano, seria apenas, uma diminuição do PIB (Produto Interno Bruto), por causa da redução da atividade produtiva no país (ou seja, teríamos menos gente trabalhando e produzindo). Mas lembrou que a nossa situação fiscal é sólida.

Sem ser pessimista que eu não sou, eu pergunto: que situação fiscal?
Eu acredito que o Brasil é um país muito grande para se querer viver numa situação de "faz de conta".
dinheiro público é lixo
No entanto, pelas últimas notícias, o governo parece ter acordado um pouco mais para a crise. O corte no orçamento da União em R$ 21 Bilhões, a diminuição da expectativa do PIB de 3,5 para 2% ao ano e, o freio nos concursos públicos (a mina de ouro dos políticos que fazem campanhas regionais, óbvio!) pode até equilibrar a balança nas contas do governo. Mas não adiantará nada se, em seguida, o Brasil voltar a abrir, de novo, a torneira.

Apesar dos números otimistas, ainda somos um país emergente e não temos uma economia consolidada. Temos sim, uma economia cíclica, igual a de quase todas as economias do mundo. É um engano imaginar que há países que nunca sofrerão um alto revés com esta crise. Os EUA são o maior exemplo disso, e é preciso ficar atento. Nós temos aqui, os juros reais mais altos do mundo, e padecemos ainda, de uma vulnerabilidade perigosa: os gastos públicos de péssima qualidade.

De 2002 pra cá, os gastos públicos no Brasil só aumentaram. Somos o 3º país latino-americano com mais gastos públicos. Estamos atrás da Venezuela e de Cuba. O Brasil gasta muito e mal. Chega a ser até ridículo o volume de despesas que é dispendido aqui com o funcionalismo público. E é isto que faz surgir no congresso nacional, algumas vezes, as farras nas emendas parlamentares e a corrupção de plantão.

Enquanto o governo não der a confiança necessária ao Banco Central, para que eles realizem uma diminuição mais rápida dos juros e, enquanto não tivermos uma política de fiscalização séria e eficiente, vamos ouvir toda hora, o Guido Mantega falando na TV, palavras desse tipo. Mas que, na verdade, são coisas que nem ele mesmo sabe como resolver.

* PIB é a soma de todas as riquezas produtivas do país menos as suas despesas.

4 Comentários:

Cadinho RoCo disse...

Brasil - O País da Mentira
Esta é a marca do Governo Lula.
Cadinho RoCo

ZEPOVO disse...

O Governo vai conduzindo a economia e fazendo o que pode. Acho que o Brasil está se saindo muito bem, até no estrangeiro reconhecem isto; Mas milagre não será possível, mesmo com assessoria do Delfim Neto... Não é hora para resolver nossas deficiências crônicas como o lamentável desperdício de dinheiro estatal. Vejam, Sarney está firme e poderoso; O Brasil muda mas muito devagar com muito cuidado, porque o que corre de dinheiro pelas mãos dos caciques brasileiros é outro PIB, gente que não quer mudanças e quebra o Brasil se preciso para garantir o seu. O PT sabe bem, Lula mais ainda, é preciso avançar devagar, revoluções matam gente!

Fábio Mayer disse...

Este governo criou no mínimo 60 mil cargos em comissão. É demais, e com essa atitude, não teve como evitar a explosão das despesas governamentais.

O Brasil não aproveitou os últimos anos de bonança econômica para diminuir carga tributária e o endividamento do Estado... esse é o pior aspecto do governo Lula.

C disse...

oi lindinho, vc sempre confabulando as agruras desse governo imprestável.
Sempre bom vir te ver.

Postar um comentário

- Comente, é sempre bom saber sua opinião.
- Comentários ofensivos ou mal educados não serão publicados.
- Comentários anônimos serão publicados se relevantes.
- Para criticar, sugerir ou elogiar, vá aqui.