Vítima do Medo e do Horror

Há explicação para esse fato?
Psicologos, professores, psicoterapeutas, psicanalistas, pedagogos, analistas, profissionais de medicina, espíritas, evangélicos, protestantes, grupos de família e até catimbozeiros, todos dão as suas versões.

refem
Eloá teve morte cerebral ontem após o sequestro pelo namorado

Mas na verdade, ninguem sabe confirmar de fato, o que 'se passava' na cabeça desse rapaz para cometer essa atrocidade com a jovem Eloá.

Veja a história toda aqui
E veja também: a primeira vítima do horror

7 Comentários:

lavanderiavirtual disse...

E mais uma vez, assim como no caso da menina atirada janela abaixo, a mídia fez a festa. Que necessidade a sociedade tem de tamanho bombardeio de notícias?

E depois de cinco dias, quem pagou o preço? :-(

Patty disse...

Neto, postei sobre o assunto também. Lamentável isso tudo. Não tem explicação pra tamanha crueldade, só sei de uma coisa, esse rapaz não sabe o que é o amor não.

Beijo e boa semana!

Fábio Mayer disse...

Agora esse indivíduo se faz de maluco, de apaixonado louco de amor, de vítima da sociedade.

Isso porque algum advogado o avisou que pode megar uma Medida de Segurança e escapar da cadeia. Só isso.

Vamos aos fatos:

1. Ele é imoral, agiu de forma imoral ao, com 19 anos, namorar uma menina de 12. Vivemos no século XXI, onde rapazes de 19 anos tem suficientes informações e experiências para saberem que meninas de 12 anos são CRIANÇAS e que não são para seu bico. Portanto, ele agiu de má-fé desde que conheceu a garota e pouco importa a NEGLIGÊNCIA da família dela, porque violência de maior contra menor se presume pela Lei e é agravante de responsabilidade penal.

2. Ele não é honesto. O fato de ter dois empregos não o exime de portar duas armas ilegais. Pior que isso, o fato de relar no trabalho e viver de modo humilde não afasta o fato de que premeditou um crime e acabou por cometer inúmeros outros, inclusive um homicídio. Portanto, ele é marginal, desonesto, safado e deve pagar por isso.

3. Ele usou da desastrosa operação policial para brincar com as autoridades. Deu tiros a esmo, não cumpriu pactos que fez com o negociador, agiu de modo a atrair os holofotes para si e, mesmo quando preso, continuou agindo assim, desta vez para passar a impressão de estar fora de si, de ser doido e aliviar a punição penal. E a imprensa tá caindo na esparrela.

Ele premeditou um crime. Pensava que a garota, menor de idade, voltaria para ele mediante um episódio de violência. Quis utilizar-se da experiência nenhuma de vida de uma menininha boba que achava ser mulher aos 12 anos. Ele apostou na bobice dela e assim sendo, ao mesmo tempo apostou num desfecho trágico, no caso dela resistir.

É homicida qualificado, sua ação teve requintes de crueldade ao atingir a entidade psicológca das vítimas, deve ser punido com o máximo rigor da Lei e virar exemplo para esses pais que deixam garotionhas de 11,12 anos nas ruas, querendo ser mulheres na marra,sem a passagem necessária do tempo.

Neto disse...

Fábio
Concordo inteiramente com você!

E o problema principal está na 'educação' desses pais, que por quererem se 'manter modernos' aos olhos da sociedade, liberam suas filhas - e filhos - menores para fazer o que bem entendem. Meninas de 11, 12 ou 13 anos AINDA são crianças, por mais que elas digam que não, e queiram 'peitar' os pais se achando adultas, seguindo a influência dessa maldita mídia - que se isenta da responsabilidade nesses fatos.

Esse rapaz é assassino premeditado. Um serial killer moderno. E como todos os 'artistas' da vida se vale das regalias oferecidas pelas fracas leis no Brasil para se fingirem inocentes, loucos, problemáticos e se darem bem com isso.

Agora, espero que seja um exemplo para os pais (do que eles não devem fazer na educação dos seus filhos) e para a sociedade em geral.

Patty, vou ler o que você escreveu agora!
Abraços a todos

Patty disse...

Neto, voltei para ler o comentário do Fábio que também comentou por lá e concordo com a sua colocação sobre os pais "modernos". As meninas não querem mais ser meninas e boa parte é sim culpa dos pais que incentivam as meninas a serem sensuais ainda pequeninas permitindo certas roupas e certos "comportamentos". Muito triste! Beijo, querido.

new disse...

Oiêee!
Como mãe só tenho a dizer que a gente nunca deve descuidar dos relacionamentos que os filhos vivem. Faltou alguém prá por esse idiota prá correr.
Beijos e boa semana prá vc.

andre wernner disse...

Lamentável. Vivemos tempos difíceis, perturbadores, em que não temos segurança nas ruas, no ir e vir, e também em nossas casas e com a proteção de nossos filhos.

Um louco, em nome de um amor doentio arrebenta com o direito sagrado da paz familiar, do aconchego dos filhos, matando, não apenas a vida, mas a esperança de uma ponta de felicidade, e também no futuro com a presença de netos e uma família unida.

Pode acontecer com qualquer família. Mas, sempre é válido o acompanhamento dos pais nesses romances, principalmente quando são de menores.

Eloá começou namorar o rapaz com doze anos de idade e ele tinha dezenove! Isso é perigoso. Passa a viver uma vida de adulto e sob influência externa e de origem duvidosa.

Os pais precisam estar mais atentos. Afinal, a vida é uma preciosidade e o filho é uma dádiva que não se pode colocar na mão de alheios e insanos, mesmo que não demonstre, de imediato, essa tendência suicida. Todo cuidado é pouco!

Postar um comentário

- Comente, é sempre bom saber sua opinião.
- Comentários ofensivos ou mal educados não serão publicados.
- Comentários anônimos serão publicados se relevantes.
- Para criticar, sugerir ou elogiar, vá aqui.