Crianças cantam o hino nacional brasileiro

Estudantes de Coroatá (MA) cantam o hino nacional brasileiro na 1ª conferência municipal dos direitos da criança e do adolescente. Vejam como é bacana ouvir o hino na voz das crianças e, ainda, com direito a uma pequena gafe super natural :D



Este post faz parte da blogagem coletiva em homenagem a data 15 de Novembro promovida pelo Diogo C. Scooby.

5 Comentários:

Daniel disse...

É uma pena que a maioria das pessoas não saibam cantar o Hino Nacional. Um abraço.

http://submundosemmim.blogspot.com

PS: Ainda não recebi seu e-mail.

dankingrr@hotmail.com
moraes.barreto@uol.com.br

Adelson (Gerenciando Blog) disse...

Olá, Neto!

Parece que, graças à enorme gafe da Vanusa, os brasileiros voltaram a se interessar pelo hino nacional. Ao menos isso o episódio trouxe de bom!

Poxa, na minha época de escola, cantávamos o hino todas as semanas e todos o sabiam de cor. A questão nem é tanto o hino em si, mas o que isso represente. É importante termos essa consciência civil, de conhecermos nosso país e nos orgulharmos dele.

E, de nada adianta dizer que temos vergonha dele, por causa de políticos e tantas outras desculpas. Para mim, o caminho é inverso: temos que ter orgulho e valorizarmos o país exatamente para termos coragem para mudá-lo.

Um abraço!

Diogo C. Scooby disse...

Cara que coisa linda. Eu lembro lá pelos idos de 89, eu tava na 5ª série e rolava sim um dia da semana em que a gente cantava o Hino obrigatoriamente.

Eu sempre achei essa música do caralho, e acho muito certo ser ensina nas escolas.

Mesmo que tenha a parte de humor, improvisação, sacanagem, fanfarronice e burrice característica de nosso povo, a música continua linda!

"Paz no futura e glória no passado"

Valdeir Almeida disse...

Neto,

Creio que o as pessoas tropeçam no Hino Nacional devido à sua letra bastante arcaica. É certo que, se fosse estabelecido cantar o Hino uma vez na semana - como na minha época - as crianças e adolescentes de hoje saberiam de cor. Por outro lado, o Hino não é cantado com paixão, como acontece em outros países, justamente pelo caráter rebuscado da letra.

Abraços, Neto, e uma excelente semana pra você.

Vanessa disse...

Oi, Neto, muito bacana mesmo ouvir essas pequenas vozes. Eu atrasei a minha postagem para a coletiva mas meu pedido de desculpas já está lá. República, pobre moça

abraço

Postar um comentário

- Comente, é sempre bom saber sua opinião.
- Comentários ofensivos ou mal educados não serão publicados.
- Comentários anônimos serão publicados se relevantes.
- Para criticar, sugerir ou elogiar, vá aqui.