O PTerrorismo brasileiro

Eu acredito que para quem é bem informado, não causou nenhuma surpresa o fato de o ministro da Justiça Tarso Genro haver concedido status de refugiado político ao ex-terrorista Cesare Battisti. Preso aqui no Brasil desde março de 2007.

Cesare Battisti
A extradição dele está sendo pleiteada pelo governo da Itália, onde ele foi condenado a prisão perpétua por 4 assassinatos cometidos na década de 70 (dentre eles, o do ex-ministro Aldo Moro).

Para mim, não foi surpresa afinal, em um governo que já abriga uma 'penca' de ex-terroristas de esquerda em cargos públicos, nada mais natural que o 'espírito de corpo' prevaleça, e Battisti fosse protegido pelos 'camaradas' brasileiros. O que poderia me surpreender seria o fato de Tarso Genro ser assim tão defensivo (ou compreensivo) se o assassino fosse um homem de direita, mas não da esquerda.

Nunca é demais lembrar que esse Battisti foi um dos ex-militantes mais violento das brigadas vermelhas (o mais sanguinário grupo terrorista da esquerda italiana) e que além dessas 4 mortes provavelmente deve carregar muitas outras nas costas.

Recentemente, o presidente italiano enviou uma carta à Lula repudiando essa decisão.
Mas a minha pergunta é: será que agora, para completar este ato antidiplomático, os aloprados petistas, além da liberdade, ainda vão conseguir um carguinho publico para ele, com direito a casa, comida e mordomias por conta da 'viúva'?

Vindo do PT, eu não duvido de mais nada!

8 Comentários:

Tarcisio disse...

E a minha pergunta é: porque simplesmente não deixar que esse sujeito fosse julgado novamente em seu país?

Se o interesse 'compreensivo brasileiro' era dar abrigo a refugiados porque foram devolvidos à Cuba qaqueles pobres atletas fugitivos, que nem eram criminosos, e só fugiam do terror em seu país?

Abraão disse...

Olá Neto
Em uma entrevista o ministro Tarso Genro justificou sua decisão dizendo o seguinte: "Há que se entender o contexto da ação do BNattisti na época"

Ora, tanta compreensão só vale para os amigos não é?

O perigo de uma iniciativa como essa do ministro é que ela pode abrir uma jurisprudência para invalidar todos os pedidos de prisão aos que cometeram excessos nos interrogatórios de terror na época do regime militar.

Se for assim, então também "há que se entender o contexto da ação" dos TORTURADORES do regime militar naquela época... ou não?

Roberto Hyra disse...

Neto

O Sr. Genro, assim como todos os aloprados petistas, adoram aparecer na mídia. E essa é mais uma daquelas labanças que cria polêmicas desnessárias e somente prejudica a imagem do país lá fora.

Ou seja, típico de petistas

Éverton Vidal disse...

Pois é Neto, eu tava meio sumido si, mas agora voltei ao universo bloguístico rsrs.

Sobre o caso, olha vou ficar calado porque (ainda) sou petista, e de certa forma concordo com o "Há que se entender o contexto da ação do Battisti na época".

Sou contra o terrosrismo, e não sou militante comunista. Mas, é fogo, quando vc está numa situação como a que houve no Braisl na ditadura é difícil dizer quem é o verdadeiro terrorista. (Pra mim todos os governos brasileiros desde o golpe de 64 foram "terroristas").

Bem... é verdade que ando meio decepcionado com o PT, mas essa do Tarso Genro eu aprovo.

Carlos Emerson Jr. disse...

Tudo isso é lamentável... e não acho que o Tarso Genro tenha isenção ou mesmo qualificação para tomar uma decisão dessas.
Um abração.

Fábio Mayer disse...

Meu palpite é que esse tal Battisti é amigo da filhinha radicalóide do Tarso Genro, e ele resolveu dar uma ajudinha para ele...

RoCosta disse...

Olá retribuindo a sua visita e elogio: adorei o seu blog também. Vou voltar sempre.
Do nosso (des)governo podemos esperar mesmo tudo.
Abraço.

Anônimo disse...

Ele não é um terrorista, mas sim um critico cidadão capaz de desafiar um governo e lei injusta para defender o seu ideal comunista.Ele matou 4 e foi condenado, mas e Bush,quantos não matou (incluindo civis, idosos e crianças),o que vocês tem a dizer sobre ele?

Postar um comentário

- Comente, é sempre bom saber sua opinião.
- Comentários ofensivos ou mal educados não serão publicados.
- Comentários anônimos serão publicados se relevantes.
- Para criticar, sugerir ou elogiar, vá aqui.